terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Tapetes com padrão #3...Patterend Rugs #3!

Olá meninas bom dia, como estão? Eu poderia estar melhor,  estou na verdade bem lixada, não existe outro termo, ou melhor existe, mas é ainda pior, por isso LIXADA, acreditem-me serve, e é até um eufemismo! Passo a explicar, lembram-se daquela conversa que tivemos, que tapetes com padrões, bonitos entenda-se, em Portugal é para esquecer?!!! É mesmo, mesmo para esquecer, os resultados que obtive são mais que frustrantes, são desanimadores e desencorajadores! E só não é assim, se estiverem preparados para fazer um sério investimento, não tão sério como uma casa ou um carro, mas quase! Agradeço todas as dicas que me deixaram, procurei todas, o preço de um tapete com uma dimensão razoável, para mim 2.50m*3.50m, é absolutamente ultrajante para as carteiras dos portugueses, independentemente do seu nível de compromisso com a decoração de interiores. Não digo que a qualidade não seja a melhor, acredito até que é puro luxo, porque estamos a falar de viscose e lã, que os nossos pézinhos iam certamente adorar, já a nossa carteira....Ainda assim, insisti junto de um dos meus fornecedores, que apostassem num padrão gemétrico mais clássico. Não sei se foi a minha sugestão, ou uma observação de mercado, eles criaram os tapetes abaixo, com a possibilidade de cada decorardor, adequar os tons que necessite (isto se conseguirem vender algum), adorei acho lindos, maravilhosos, trellis e grega , fantásticos! Soltei um grito de exaltação e de felicidade, mas quando me disseram o preço por m2, apteceu-me insultá-los, enche-los de impropérios, cruzar os braços e desistir!!!! Como é que se cria uma coisa, condenada à morte logo à nascença?!!! De quem é a culpa afinal? Do produtor ou das nossas carteiras? Será que só se podem fazer estes padrões em lã e viscose? É que infelizmente, com grande pena minha, ainda não fui contactada, por nenhum jogador de futebol ou sultão para lhes decorar a casa!!! Eu trabalho com o Português real, e mesmo esse está já a escassear, caramba!


Não sei mais o que fazer! Tapetes lisos, contem comigo, na locura uma moldura em tom sobre tom, e mais nada! Sinto-me triste, mesmo! Se calhar é melhor imprimir este padrão numa cartolina, pô-la no chão e sonhar! Até amanhã fiquem bem, talvez amanhã este azedume passe, mas por agora só me apetece mandar tudo à fava!!!!

13 comentários:

  1. Olá Ângela,

    Desculpe perguntar....mas quanto poderia custar um destes tapetes? (PVP claro).

    Obrigada,

    Um beijinho
    Sílvia - Algarve

    ResponderEliminar
  2. Olá Ângela, bom dia! Sou sua leitora assídua, gosto mt do seu trabalho mas não gosto mt de comentar. Hoje não posso deixar de o fazer, recentemente encontrei um site de uma empresa portuguesa de tapeçaria que me deixou deslumbrada com os seus tapetes, a carving. Qt a preços não sei mas pelo que tenho visto concordo em absoluto consigo. Eu, fanática da decoração, acabei de construir uma casa, que adoro, e que gostaria de redecorar mas os preços são absolutamente proibitivos ainda mais para quem acabou de se endividar até ao pescoço com a construção da casa. Beijinhos, Cati.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia. Como eu a percebo (na posição de comprador). Há uns anos comprei uns tapetes de um criador que foram muito caros!!!! Hoje em dia nem gosto muito deles, mas estou a ver que vou gramar com eles para o resto da vida!!!!!!!
    Melhores dias virão.
    Beijinho
    Dora

    ResponderEliminar
  4. Olá Angela,

    Não desanime. Depois admiram-se por as fábricas estarem a fechar, por as pessoas não comprarem, etc. O problema é que cá em Portugal parece tudo formato. Como a Angela referiu no seu post, na altura, é sempre o mesmo género de coisas ( móveis, tapetes). Enfim.

    Pense que pelo menos a Angela consegue fazer coisas diferentes e lindas ( adoro as suas mesas de sala, aparadores, mesas de cabeceira) !

    Bom resto de semana

    Cristina


    ResponderEliminar
  5. Olá Ângela, tenho que concordar com este post, aliás é algo com que já me tinha deparado, andei e ando á procura de um tapete com padrão e a minha pesquisa foi absolutamente frustante, pelos mesmos motivos que tu.
    Há apenas uma solução neste caso que fica mais económica e na qual eu já ponderei, apesar de não ser o meu ideal, que são os tapetes de arraiolos com estes padrões, nunca ponderaste esta solução?
    Conseguimos obter o padrão que queremos num produto até tipicamente Português(não é o meu ideal cómo já tinha referido, mas uma solução).

    ResponderEliminar
  6. Olá Ângela,
    Adoro esses padrões!
    Mas sem dúvida... é uma pena, os preços que se praticam!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Compreendo-a tão bem Ângela... na ânsia de encontrar "o tal tapete" contactei um fabricante que fazia tal e qual o que eu tinha em mente e não encontrava no mercado, maravilha. O problema foram os 250€ (+ iva) que me pediram por m2. Como preciso de 3 x 3m estamos a falar de cerca de 2700€ de tapete :(
    Por agora, e suponho que por muito tempo, ficamos sem tapete.

    ResponderEliminar
  8. Olá Angela, na realidade o melhor é pintá-los...Moro perto de Beiriz, qualquer dia vou lá espreitar...Eu há uns 10 anos fiz um bom stock de tapetes, que encontrei por um optimo preço, lamento não ter comprado mais. Os Arraiolos,há cerca de 15 anos cheguei a utilizá-los nas minhas decorações, pessoalmente tenho imensos, mas já não gosto de os ver ( estão arrecadados), esperam melhores dias.BJ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Teresa, parece-me por experiencia de pessoas próximas que a pintura de tapetes não é a melhor solução, pois não se consegue em todo o tipo de tapete e fica longe do perfeito e infelizmente a fábrica de tapetes de Beiriz também não faz uns preços nada apelativos, aliás é tudo dentro dos 200 e tal o m2.
      Os arraiolos eu pessoalmente nunca tive nenhum, até pq tenho casa á pouco tempo e realmente este é um produto que se tem usado muito pouco, mas vejamos bem, com este tipo de produto posso fazer um qualquer padrão actual que eu goste, certo? E se estivermos mais virados para o padrão do que para o tecido do tapete, este não vai fazer grande diferença, certo? E parece-me com um padrão de Trellis, por exemplo, nem vamos notar que seja um tapete de arraiolos. Obviamente não estaria a falar de nenhum daqueles padrões floreados dos quais estavamos habituados a ver na casa da avó... E para além disso tiramos proveito de um produto Português, que é algo que nós Portugueses não estamos, Infelizmente, habituados a fazer.
      Relativamente a preços dos Arrailos estes só ficam mais baratos se tivermos alguém que o faça, porque nas fábricas de Arraiolos estes ficam ao mesmo preço que os outros :(

      Eliminar
  9. Olá Ângela como eu a compreendo. Não consigo entender onde andam as mentes das pessoas que produzem mobiliário, estofos, e tapetes neste país. Andam em qualquer lado menos neste mundo.
    Sinto tantas dificuldades em encontrar coisas giras que a minha solução tem sido escolher fábricas e fazer esboços do que quero e mandar fazer por medida. No que toca a tapetes, a coisa torna-se caótica. Vivam os Lisos e sem serem farfalhudos... Queria tanto um padrão trellis, uma coisa mais diferente, mas estou a desistir. Acredita que chego ao cumulo de abrir os blogs que sigo (e este em especial) para mostrar do que estou a falar? Sim, porque em 90% das vezes começam a olhar para mim como se eu fosse um ET. Resumindo: compreendo-a tão bem e eu só tenho que decorar a minha casa imagino o drama de quem trabalha neste ramo.

    ResponderEliminar
  10. Adoro os padrões, mas de facto os preços por norma são de fugir... SN

    ResponderEliminar
  11. Olá Angela não fique triste porque infelizmente esse é o lema de todos os comuns portugueses que querem passar do sonho á realidade....mas como somos super inventivos fazemos mesmo isso que disse! mas acho que vi na fabrica de tapetes vitória uma fabrica portuguesa de Mira d`aire tapetes em trelis , não tão giros como os que mostra mas se calhar até fazem por encomenda e é capaz de ser mais em conta.um grande bj e não desista.

    ResponderEliminar
  12. O que mais me impressiona, são conseguirmos encontrar em sites online internacionais, nomeadamente nos EUA, tapetes com padrões lindos, modernos e a preços muito acessíveis.... no entanto, não enviam para Portugal....
    Considero que há um enorme potencial de negócio e que neste país não se aposta!!

    ResponderEliminar